Cirúrgico

As cirurgias de coluna evoluíram muito nos últimos anos e há diferentes tipos para diferentes patologias. É possível fazer desde uma lesão de uma raiz nervosa dolorosa com agulha através da pele, até reconstruir a coluna utilizando parafusos e barras, de forma que o paciente pode sair da cama no dia seguinte como, por exemplo, nos casos de tumores na coluna. Quanto à recuperação, a maioria dos pacientes é estimulada a deambular no primeiro ou segundo dia após a cirurgia, diferentemente do que ocorria no passado, quando se preconizavam longos períodos de repouso na cama.

Uma pequena parcela dos pacientes são tratados com cirúrgica. Os candidatos ao tratamento cirúrgico são aqueles que fizeram o tratamento clínico e não obtiveram melhora da sua dor; aqueles em que foram diagnosticadas outras patologias, por exemplo, tumores na coluna; e os que desenvolveram alteração do exame neurológico, como fraqueza nos braços, fraqueza nas pernas ou dificuldade para urinar ou evacuar.

É sempre bom lembrar que, assim como todos os tratamentos da medicina, estes também envolvem riscos, que devem ser avaliados pelo cirurgião e pelo paciente.

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: