Cuidado com as quedas

“O piso estava molhado junto à piscina, ia a correr quando caí”.

“Depois da tempestade subi ao telhado para mudar uma telha e caí”.

“Estava em cima de um escadote a lavar as paredes de minha casa quando caí.”

“Subi para cima de um muro para tirar uma selfie com o melhor pôr do sol do mundo quando caí.”

Estes e outros relatos são infelizmente muito comuns. As quedas de altura elevada, geralmente associadas a imprevistos, são realidades com que muitas vezes não contamos.

Estas quedas, que podem originar fraturas na coluna vertebral, podem acontecer em qualquer idade, sendo que, em muitos casos, as vítimas são ainda jovens e as implicações sociais, económicas e familiares são significativas, se atendermos a que em cerca de 20% dos casos ocorrem lesões graves, incapacitantes e irreversíveis.

Prevenir é o melhor “tratamento”, por isso abandone comportamentos incorrectos, que representem algum grau de risco. Cuidado com o excesso de confiança e com as influencias que outros possam ter no seu comportamento. Se vir que há risco, não arrisque!

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: